domingo, 8 de outubro de 2017

TREMOR DE TERRA NO AGRESTE PERNAMBUCANO

FOTO TIRADA POR FRANCISCO MONTEIRO EM BEZERROS PERNAMBUCO BRASIL 

No Agreste pernambucano neste domingo dia 08 de outubro de 2017 ,  teve um tremor de terra na região de Serra Negra, que localizada na cidade de Bezerros. O tremor foi registrado pelo período da madrugada, por volta das 4 horas e 13. Com baixa intensidade de apenas 1.9 e classificado como micro tremor. Mas, que deixou as autoridades em alerta. Teve um  acionamento dos responsáveis da  defesa civil da cidade.

Segundo informações passadas pelo Laboratório Sismológico da da Universidade Federal do Rio Grande do Norte ( Estado vizinho de Pernambuco ) foi de baixa magnitude.  Não trouxe grandes prejuízos aos moradores da cidade e de cidades circo vizinhanças. Mesmo assim, foi uma surpresa hoje este fato. Não é costumeiro ver matérias relacionadas há tremores em Bezerros. Mas, sim em Caruaru. Mas, desta vez não foi o caso. Segundo o Laboratório de Sismologia ( LabSIS ) os laboratórios simbolológicos estão localizados em  Caruaru , Tacaratu no Sertão pernambucano, Rio Formoso, Na Zona da Mata Sul do estado. Em algumas cidades do Agreste são frequentes os abalos sísmicos por causa de falhas geográficas. Mas, que são de baixa intensidade .  

No ano de 2016 por exemplo 25 municípios pernambucanos sentiram tremores de terra. Em 2007 teve o maior tremor de terra registrado do estado, e o centro do abalo foi na cidade de São Caitano no Agreste pernambucano há 153 quilômetros do Recife, com magnitude de 3.8 na escala Richter. Os moradores que estavam localizados próximos do centro do abalo sísmico puderam sentir e logicamente ver os efeitos causados nos objetos e nas casa. Segundo relatos de alguns moradores da região metropolitana do Recife ( R M R ) relataram terem sentido o tremor. Mesmo estando numa distancia de aproximadamente 153 quilômetros da capital Recife. Pernambuco tem um histórico com tremores de terra por causa de uma falha geológica, que segundo especialistas é de aproximadamente 550 milhões de anos.  

O lineamento Pernambucano como é chamada está cortando o estado juntamento com  à Via Luiz Gonzaga. Em 2015 Caruaru sofreu um abalo de 3.3 nas áreas de divisa com à cidade de Bezerros também no Agreste pernambucano. Foram relatados danos e perdas materiais.

quinta-feira, 5 de outubro de 2017

MISTÉRIOS DE PERNAMBUCO

O nordeste do Brasil é uma terra de grandes belezas e de grande diversidade cultural. Com povos vindos de diferentes lugares do mundo, e que deram suas contribuições no aspecto cultural e influenciaram em nosso idioma e tradições. Mas, também é uma terra de grandes mistérios, e de lugares com lendas e relatos de influencias históricas e materializadas dando mais veracidade aos acontecimentos.



Na capital pernambucana Recife, está há maior concentração de lendas urbanas do Brasil. Lendas contadas desde antes da colonização, passando pela chega dos portugueses, Holandeses e até nos nosso dias. Lendas como Cruz do Patrão, Garota do Mangue, Palhaço do Coqueiro e A Emparedada da Rua Nova etc estão entre algumas das muitas lendas do Recife. Mas, nas cidades do interior também contem lendas muito sombrias, macabras e aterradoras.




Não só por causa da frieza dos fatos. Mas , pela materialidade e evidencias deixadas nos locais. Muitos relatos contados por moradores falam de criaturas estranhas, que caminham nas serras e na Caatinga nordestina. Falam de animais mortos, pessoas que avistaram algo fora do convencional, algo fora das explicações simples, e que acabam criando novas lendas. Mas, que na verdade são evidencias factuais, de algo que acontece nesta região do Brasil.



Todos estes relatos ficariam na mera especulação, se não fosse as evidencias, números de testemunhas, pesquisas e materialidade das ocorrências, registradas por fotos, vídeos, testemunhas, amostras de materiais deixados nos locais etc. Algumas já possuem nomes populares entre os moradores da áreas rurais que em campos científicos, possuem suas próprias especificações. Algumas lendas como Lobisomem, Chupa Cabras, Bolas de fogo, Tochas de fogo, e até objetos voadores não identificados( Óvnis ou ufos do idioma inglês ) estão entre as muitas lendas, contadas nas cidades do interior nordestino. Algumas cidades de Pernambuco, tem algumas lendas que chegam trazer grande preocupação, para os menos desavisados e até os próprios moradores.



Alguns animais são encontrados mortos nas áreas rurais de maneira misteriosa. Os moradores nas noites anteriores não escutam barulhos, os cachorros não ladram e os animais os demais animais não manifestam um único ruido. Então, quando os moradores  levantam de suas camas na amanha do dia seguinte, tem uma visão aterradora.  Seus animais de criação como por exemplo ovelhas, bois e aves estão dilacerados. E pelas características físicas deixadas nas  vitimas, não se caracterizam como os predadores da região. Nas noites anteriores estavas muito escuras e silenciosa. Oque alimenta ainda mais o mistério das mortes de cabras, galinhas , patos e até cachorros dilacerados, em grande quantidade. Outro fato preocupante é que não acontece apenas em uma fazenda ou sítio. Mas, em varias do mesmo bairro ou cidades. E o mais intrigante é que são em grande quantidade e sem vestígios de sangue no local. Luzes misteriosas nas serras, montanhas , vales, rios , lagos , Caatinga e florestas.





Criaturas  incomuns da flora e fauna local e de aspecto aterrador, estão entre alguns dos mistérios de Pernambuco. Muitos acreditavam que com o avanço das tecnologias e avanços científicos, muitas lendas fossem ter uma explicação cientifica. E que estas supostas "superstições ", fossem ser derrubadas. Mas, muito pelo contrario. Com o decorrer do tempo, se sustentaram mais. E ganharam mais força. Justamente por falta de  explicações plausíveis e  sustentáveis cientificamente para tentar convencer os moradores, que algo meramente explicável teria acontecido. Os locais ficam marcados nos imaginários populares. E fica o mistério e as perguntas, o que aconteceu nos locais destes relatos, e fatos ocorridos ?.


Cidades que possuem serras e caatingas aos seus redores, estão entre as que mais tem relatos incomuns. Não nos cabe questionar a veracidade dos fatos. Mas, analisar cada caso de maneira lucida e sabendo que não teria motivos para pessoas humildes, simples e de boa índole mentir. Até porque , muitos são prejudicados financeiramente por causa das mortes de seus animais. Muitos abandonam o trabalho com as criações de animais, e isolam-se  em suas residencias nas noites. E logicamente ficando apreensivos e temendo algum ataque.


São tantos os casos, que algumas cidades acabaram depois de décadas e até séculos, atraindo os olhares de curiosos e pesquisadores. Que se interessaram em examinar de maneira voluntária. Ou seja sem fins lucrativos algumas ocorrências.  Cidades como Caruaru, Bezerros , Vitória de Santo Antão, Gravatá , Garanhuns, Quipapá entre  outras, que estão nas rotas dos maiores números de relatos e pequisas. 


Alguns de nosso amigos do Agreste pernambucano como por exemplo Adalberto Silva , Adalto Silva e Edson Tenório saem em suas pesquisas de campo, para analisarem alguns casos. São feitas por eles verificações das ocorrências, e possíveis explicações do que porventura teria ocorrido. Alguns dos casos ficaram marcados nas histórias das cidades e se popularizaram como lendas bem características do local. Tantos os moradores mais idosos como jovens relatam algo fora do comum. Mas, muitos preferem não mencionar nada e ficaram no anonimato para evitar possíveis constrangimentos.  Mas, até as TVs locais já estão abrindo oportunidades, para que estes relatos sejam  contados pelos moradores e abrindo oportunidades, para ouvir os que porventura desejem dar alguma explicação sobre os fatos. 




Independente de acreditarem ou não, Não se pode negar que estas ocorrências acontecem e continuaram acontecendo. E tudo isso faz com que o nordeste brasileiro seja mais interessante. Muitas cidades ao redor do mundo tem suas lendas e mistérios e porque nossas cidades e nossa região seriam diferente ? . E principalmente pois são baseadas em fatos muitas vezes verídicos. Não precisam acreditar. Mas, que existem muitas coisas que estão muito acima de nossas possíveis explicações.  

PÁSSAROS DO NORDESTE DO BRASIL

Hoje quinta feira 05 de outubro de 2017 é dia dos pássaros. Estes animais que tanto alegram nossas vidas e trazem um pouco de harmonia, nas cidades. Nos bairros rurais e campos são símbolos da chegada das chuvas e são retratados nas músicas de Luiz Gonga, como por exemplo os clássicos da música brasileira Asa Branca e Assum preto que estão entre as músicas, que faram da crueldade de algumas pessoas com os animais silvestres e a relação de admiração e respeito do homem do campo com as aves.




Algumas pessoas dedicam parte de suas vidas para mostrarem as belezas naturais existentes ao redor de suas cidades e o comportamento de alguns animais. Na região metropolitana do Recife, ainda existe alguns pequenos trechos de Mata Atlântica, que servem como abrigos para muitas aves de pequeno porto.  Não são facilmente observadas. Mas, os moradores que tem disponibilidade de tempo e interesse podem relaxar ouvindo nos trechos mais silenciosos de suas cidades os pássaros cantando e suas rotinas e comportamentos.





As cidades tornaram-se também abrigos para aves silvestres como corujas , gaviões, carcarás , papagaios , Bem Te Vis ( Nome cientifico Pitangos Sulphuratos )  Canários e tantas outras. E um dos nosso amigos do interior de Pernambuco que mostra as aves e outros animais do Agreste pernambucano é Adalto Silva. Ele tem canais no You Tube mostrando as curiosidades do semi-árido brasileiro. Também tem vídeos de como ter uma boa convivência com as aves domesticas e deixa ótimas mensagens sobre como preservas algumas áreas onde estes animais vivem.




Na região Metropolitana do Recife em algumas cidades como nossa capital Recife, tem muitas praças que podem servir como um observatório, desses pequenos animais. Praças como 13 de Maio, Praça da República, Praça Faria Neves, etc. E nos bairros temos as alternativas de irmos por exemplo no Zoou Dois Irmãos, Nos bairros dos UR s  na região metropolitana sul que os moradores desfrutam nos fins de semana, da agradável companhia dos pássaros nas praças e quintais.



Nos bairros do distrito do Curado os moradores tem os pássaros como vizinhos em seus telhados, igrejas e quintais por causa de um trecho de floresta localizado nos arredores dos pequenos bairros , vilas, apartamentos e pequenos sítios. Já os moradores do Agreste , Sertão e Zona da Mata de Pernambuco tem mais contatos, e de maios abundancia com os nosso amigos de penas. Esperamos que lhes agradem as imagens de nosso amigo do Interior que faz esse belíssimo trabalho.


                                             VÍDEO ESPECIAL DO VER PERNAMBUCO +


segunda-feira, 3 de julho de 2017

PRAÇA MACIEL PINHEIRO : UM MONUMENTO HISTÓRICO E POÉTICO DA CIDADE DO RECIFE

Foto tirada por Francisco Monteiro da praça Maciel Pinheiro 


A capital Recife é conhecida por muitos títulos, como por exemplo : Cidade dos Baobás, Cidade dos poetas, Veneza Brasileira, Cidade com mais lendas no Brasil e cidade das praças.

Na cidade praticamente  todos os bairros dispõem de uma ou mais praças, e geralmente arborizadas. Tanto nas áreas mais distantes do centro na zona sul como no UR 1, que possui em há sua disposição muitas ótimas  praças , que os pais levam as crianças para passear, ouvir os diferentes cantos dos pássaros, levar os cachorros para brincarem aos ar livre, Conversar com amigos, ler um bom livro , se reunir com os amigos das igrejas, jogar dama ou xadrez etc. Mas, as praças na capital Recife, também tem grande valor histórico. Praças como o Marco Zero do Recife, Praça do Arsenal da Marinha, Praça da Republica, Faria Neves e muitas outras, mostram como o Recife é uma cidade que em sua história pensou na convivência social de seus moradores.

Muitas até os nossos dias servem como cenário para importantes pessoas do mundo literário pernambucano e Brasileiro. E uma dessas praças que vamos conhecer hoje por sua história, arquitetura , arredores e literatura é a Praça Maciel Pinheiro.
Foto tirada por Francisco Monteiro da praça Maciel Pinheiro 

Com seus bancos dos quais estudantes, muitos casais, universitários e transeuntes sentam todos os dias, há praça Maciel Pinheiro está localizada em um ponto privilegiado, da cidade do Recife. Com igrejas em suas proximidades, muitos pontos comerciais como restaurantes, lojas de calçados, ótimas livrarias a praça é um roteiro garantido, para quem desejo admirar o contraste da cidade com seus monumentos e as novas edificações.

Roteiro dos amentes da poesia e da história do Recife a praça é uma alternativa para conhecer diferentes momentos da história da cidade e á vida social do recifense. Muitos trabalhadores aproveitam o horário do almoço para descansar na praça, em quanto almoçam e conversar com os colegas de trabalho. Universitários encontram-se para revisar seus estudos e relaxar lendo um bom livro, e uma criança nascida na Ucrânia e que passou sua infância no bairro da Boa Vista na capital Recife daria sua contribuição na quando adulta na história da literatura mundial. Nascida na Ucrânia e veio com sua família para o Brasil em 1922 ela é uma das  pessoas que residia nas proximidades da praça, e deu sua contribuição na literatura pernambucana e é reconhecida mundialmente. Entre suas obras literárias está A Hora da Estrela. Chegou na capital Recife do qual estudou e passou parte de sua infância depois que veio com sua família de Alagoas. Essa escritora que tem um monumento em sua homenagem na praça Maciel Pinheiro é a ucraniana Clarice Lispector.
Foto tirada por Francisco Monteiro do Monumento em memoria de Clarice Lispector 



sexta-feira, 23 de junho de 2017

ALGUMAS CIDADES DO AGRESTE PERNAMBUCANO

O Agreste pernambucano é uma terra com muitas mesorregiões, caracterizadas por seus climas variados, relevos, vegetação, aspectos culturais e lendas populares.

Cada cidade do Agreste possui suas próprias características econômicas, voltadas para o turismo religioso, as belezas naturais, as festividades e os polos econômicos como por exemplo: Feiras, centros de artesanato, centros para vigílias noturnas e de urnas, criação de gado , eventos campestres, tilhas, e acampamentos. Nas cidades como Bezerros, Caruaru e Gravatá possuem ótimos polos de animação durante as festividades juninas. E nós do Ver Pernambuco + temos alguns amigos e parceiros que moram no Agreste que divulgamos o trabalho deles em nosso blog.  Por conterem um material de ótima qualidade, muito informativo e serem ótimas, nós recomendamos que visitem os canais deles.

Nós desejamos que o nosso trabalho possa ajudar muitas pessoas do estado que desejem assim como nós mostrar mais das belezas de Pernambuco. Nosso trabalho é voluntário. Ou seja, sem ajuda de custo, sem patrocínio ou colaboradores. E queremos dar continuidade ao trabalho para ajudar outros, divulgando o trabalho deles para que possam crescer mais e mais. E como nossos amigos do interior são ótimas , pessoas e apresentaram ótimos conteúdos sobre á região. Nós os ajudamos divulgando e eles também nos ajudam.

Nossos amigos Adalberto Silva e Adalto Silva tem ótimos canais no You Tube. Muito divertidos, com muitas informações sobre as festividades, as lendas e a belíssima natureza do Agreste, visitem seus canais.

Em Caruaru um dos pontos recomendados é o Alto do Moura. Onde está o maior centro de artes figurativas das Américas. Depois o Pátio de Eventos de Caruaru que reúne milhões de pessoas durante as festividades juninas. Também recomendamos o Museu do Barro que tem uma grande amostra de peças artesanais e de decoração.



Em Bezerros temos o polo localizado nas serras do Parque Serra Negra. Lá está o terceiro polo das festividades mais visitadas do Agreste Pernambucano. Em Serra Negra de Bezerros contem uma programação variada durante os dias de festa, do qual tem um frio as vezes abaixo de 15 graus, com muito forró, com artistas da região, uma comida tipica e a belíssima paisagem da Serra Negra como cenário natural para as festividades.




Bezerros está localizada á aproximadamente 114 km do Recife capital. É uma tipica cidade do Ageste pernambucano que possui muitos lugares belos pouco explorados, ainda para o turismo. Mas, que possuem grande potencial. Com suas ruas pavimentadas, muitos pontos comerciais, igrejas, e que fica em frente a BR 232, também chamada Via Luiz Gonzaga.


Bezerros é uma das ótimas alternativas para quem deseja investir no turismo, ou simplesmente morar num lugar tranquilo. Com suas casas com aspecto colonial e uma tradicional estrutura urbana tipica das cidades do interior Bezerros se potencializa na preservação das tradições tipicas do nordeste do Brasil.


Também durante os ano tem passeios no Parque Serra Negra, uma reserva florestal magnifica, que tem muitas pousadas, trilhas, vigílias o Centro de Artesanatos. Bezerros está em terceiro lugar como cidades para realizar vigílias no nordeste. Isso é decorrentes das lendas, e de possíveis avistamentos na Serra Negra e cidades próximas. A Serra Negra é uma área de grandes mistérios, que moradores afirmam ser um lugar de grandes mistérios e que coisas foram do comum são vistas por lá.

Bezerros também possui o terceiro foco se visitação do carnaval com os Papangus e por isso Bezerros também é chamada de a Capital dos Papangus do Agreste.




Em Bonito temos as belas cachoeiras, as trilas nas serras, as grutas, os rapes e uma belíssima natureza de transição entre a Zona da Mata Atlântica e o Agreste. Bonito está entre as principais cidades do estado de Pernambuco se tratando do turismo de aventura.




Com pousadas, chácaras, sítios, hotéis , pequenas casas e hospedarias Bonito é um dos lugares mais recomendados para os que desejam conhecer mais do estado e ver que o Agreste não é uma terra simplesmente composta por seca e improdutiva. Mas, que muito pelo contrario. O nordeste e especificamente a região Agreste é uma terra riquíssima culturalmente , em suas belezas naturais, em seus sotaques e culinária.  



Já em Gravatá que tem o titulo de Suíça Pernambucana, o clima agradável, os chalés, moveis rústicos, o chocolate quente, os vinhos, o Festival de Jazz, o forró e os passeios a cavalo são alguns dos muitos atrativos localizados na cidade. Também possui importantes polos do turismo religioso, decorrentes de uma história de fé magnifica. Também possui um centro de artesanato, do qual tem muitas obras de decoração de vários artistas da região Agreste.


Em Sairé temos o Festival das Laranjas. Este festival é uma das festividades extremamente importantes no calendário das festividades da cidade, juntamente com as festas juninas. Também possui importantes centros de ensino nos cuidados com o meios ambiente e de tratamento de lixo e de centros de formações de artesões.



Em Cumaru possui um rico turismo religioso e de belezas naturais. Lá tem trilhas realizadas por motos nas áreas rurais da cidade, o Cristo localizado no mirante da cidade, a feste de Santa Terezinha, o Cumaru Feste que é o Carnaval fora de época da cidade e lindas serras ao seu redor, que dão uma belíssima visão aos moradores e visitantes.

Panelas temos o Festival Nacional de Jericos conhecido popularmente como a corrida de Jericos de Panelas. Panelas possui uma linda paisagem das serras e de sua vegetação composta em uma grande parte por gravatas amarelos. No mirante temos uma bela imagem do Agreste Pernambucano, que de lá pode ver outras cidades do Agreste e admirar este lindo cenário dado por Deus. Também possui muitas bicas, as festividades anuais como há Missa do Vaqueiro e o São João.

Em São Bento do Una temos a tradicional Corrida das Galinhas e o Museu de História natural. É uma cidade com um clima frio e acolhedor que recepciona todos os anos muitos turistas de diferentes lugares do Brasil para suas festividades. E São Bento do Una é uma cidade extremamente importante, por causa de suas criações de galinhas e por isso do festival.

Em Garanhos conhecida popularmente como A Cidade das Flores o turismo religioso, suas pousadas, suas festividades,  os belos jardins e o relógio feitos com flores são as principais cenas carateristas da cidade além de um belíssimo por do Sol. É uma cidade muito acolhedora , romântica e que vale muito conhecer.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

CATÁSTROFES EM PERNAMBUCO POR CAUSA DAS FORTES CHUVAS

O estado de Pernambuco no dia 28/ 05/ 2017 sofreu grandes perdas em muitas de suas cidades da zona da mata sul, Agreste e região metropolitana do Recife (R.M.R) decorrentes das fortes chuvas, que começaram pela madrugada de domingo. O alerta foi dado pela Agencia Pernambucana de Águas e Climas ( APAC ) que no dia anterior, ou seja no sábado, emitiu um alerta para que as cidades que são cortadas por rios , alertem seus moradores ribeirinhos, para que saíssem o mais rápido possível de suas residencias e levassem consigo seus familiares , animais e oque mais pudessem.  

Muitos caminhões com moveis, moradores indo ficar em casas de parentes, animais sendo relocados e pessoas subindo para lugares mais altos, se tornaram o reflexo do dia 28/ 05 /2017 e dos dias seguintes. 

Muitos dos moradores que tem residencias nas partes baixas das cidades, e nas proximidades com rios lagos e açudes, infelizmente não receberam o alerta atempo. Muitas cidades foram prejudicadas com percas humanas e materiais. Algumas represas do estado não suportaram o volume das águas e transbordaram. Os rios ultrapassaram os limites de suas margens e contenções.  Muitos moradores ficaram ilhados, outros infelizmente perderam suas vidas e muitas casas foram destruídas. 
Muitas cidades desapareceram cobertas por um grande rio de lama, entulhos trazidos de outras cidades e a eletricidade e o fornecimento de água potável foram cortado nos lugares afetados. Nos estados de Pernambuco e Alagoas, nas áreas de proximidades dos rios e com ruas mais baixas sentiram a fúria das águas. Depois de mais de 24 horas de chuva com chuva intensa e de um período de seca localizada na região Agreste e sertão. Algumas cidades ficaram isoladas. Devido o fato que pontes foram derrubadas pelas fortes correntezas e pistas ficaram em baixo das águas. Barreiras deslizarem obstruindo pistas e  grandes crateras foram abertas, por causadas do deslizamento e afundamento do solo. 

A barragem de Pirapama ficou com 83,15% mais cheia,a barragem de Duas Unas em Jaboatão chegou há 47 % mais elevada. Já a barragem de Jucazinho em Surubim ficou vazia. 

Cerca de 27 cidades se forem incluídas da região metropolitana do Recife tiveram grandes perdas. Algumas cidades já tinham sofrido em anos anteriores com as enchentes. Mas, infelizmente as catástrofes repetiram-se no estado. No ano de 2005 por exemplo, á cidade de Moreno que fica na região metropolitana sul ficou com metade da cidade em baixo das águas. Do lado esquerdo da cidade  seguindo para Vitória de Santo Antão, as ruas foram transformadas num grande rio de lama.  

Cidades como Amaraji, Afogados da Ingazeira, Água Preta , Barra de Guabiraba, Barreiros, Bezerros , Belém de Maria, Caruaru, Catende, Cortês , Cupira , Escada, Gameleira, Gravatá , Ipojuca , Jaboatão dos Guararapes , Joaquim Nabuco, Lagoa dos Carros, Lagoa dos Gatos, Panelas, Palmares, Ribeirão , Rio Formoso, Recife, São Benedito do Sul, Sirinhaém,  Xexéu Foram prejudicadas de alguma maneira pelas fortes chuvas que causaram desabamentos, mortes por quedas de barreiras ou afogamentos e perdas de patrimônios. 

Em Caruaru teve mortes causadas pelas fortes correntezas. A barragem fornecedora de água da cidade ficou cheia. E na manha da terça feira dia 30 de maio, foi encontrado o corpo de um homem que tinha sido arrastado pelas águas e foram 217 milímetros de água num único dia segunda a APAC . Já na capital Recife, no bairro de Dois Unidos, uma barreira caiu e matou duas pessoas da mesma família, que residiam na mesma casa. 

Em Gameleira as águas ficaram a cima de um metro, pois o rio transbordou e muitos moradores ficaram ilhados. Muitas casas ficaram cheias de lama, e algumas barreiras deslizaram. Muitos moradores perderam tudo e isso se repetiu em 2017 , pois já tinha acontecido anteriormente em 2010. 

Em Sirinhaém o fornecimento de eletricidade foi cortado e o de água. No bairro Porto da Madeira que está localizado em Gameleira no dia seguinte, os moradores retornaram para suas casas, para pegarem oque podiam e teve 36 barreiras caídas.  

Em Rio Formoso, que tem esse nome por causa do rio com o mesmo nome, os residentes na cidade ficaram reclusos. Por causa do rio que transbordou. A população se união, para trabalhar de maneira voluntária e forneceram comida aos moradores prejudicados pela enchente. As escolas foram utilizadas como um lugar da amparo e abrigo. Comida, água, materiais de higiene, de limpeza e roupas foram fornecidas ao moradores. O hospital da cidade ficou alagado e com muita lama e 10 mil pessoas foram prejudicadas na enchente. O exercito foi para a cidade montar um hospital de campanha, para ajudar a população que ficou num terreno as margens da via PE 60 . 

Em Palmares a população ficou desesperadas sem alimentos e mesmo dias depois, a cidade continuo alagada. E em Lagoa dos Gatos a cidade ficou isolada por causa da queda de uma ponte. 

Em Água Preta muitos moradores ficaram ilhados e se abrigaram na escola Padre Francisco. Em Catende as águas chegam em uma altura elevadíssima. Muitas residencias possuem primeiro andar. Mas, mesmo assim as águas chegaram a essa aos andares superiores das casas e a cidade ficou destruída pelas águas e foi decretado estado de EMERGÊNCIA.  

Em Barra de Guabiraba as casas cheias de lama e duas casas desabaram. Em Belém de Maria a cidade ficou coberta pelas águas.  

Em Jaboatão dos Guararapes foi a cidade da região metropolitana sul que receberam mais chuvas. Muitas escolas não tiveram aulas  casas caíram no Bairro de Cavaleiro , barreiras caíram e obstruiriam pistas e ruas ficaram alagadas e moradores ilhados. Em Jardim São Paulo no Recife o canal transbordou e muitos moradores ficaram ilhados e os transito nas estradas ficou parado.  Em São Benedito do Sul as águas chegaram á 2 metros de altura. Foram aproximadamente até o momento de 40 mil pessoas prejudicadas, 35 mil desabrigadas e 4 mortos . 

Os nordestinos são conhecidos no Brasil por serem muito patrióticos, solidários e unidos. Nós iremos superar mais esta adversidade com solidariedade , caridade, união, fé em Deus e em nossos conterrâneos.  Muitos postos de coletas de alimentos, roupas e etc, foram montados pelas igrejas, exercito, bombeiros e cidadãos que unidos mostram que os nordestinos são e estão mais unidos do que nunca.  
 Nós do Ver Pernambuco + agradecemos há cada cidadão, que doou seu tempo para ajudar aos necessitados neste momento de grande caos que muitos estão passando no estado.  

Nossos amigos Adalberto Silva e Adalto Silva da cidade de Bezerros, gentilmente nos permitiram mostrar seus vídeos em mais está matéria, para que nossos leitores vejam como ficou a cidade de Bezerros no dia 28/05/2017 e a equipe do blog Ver Pernambuco + colocara novas informações para lhes manter informados.  

terça-feira, 16 de maio de 2017

UMA HUMILDE HOMENAGEM DO VER PERNAMBUCO + AO DIA DAS MÃES E AO CENTENÁRIO DE FÁTIMA

Foto tirada por Francisco Monteiro no Morro da Conceição no Recife Pernambuco Brasil
Um dos pontos turísticos da cidade do Recife que tem grande importante, não é por causa de praias ao seu redor, não é por causa de eventos com bandas , não é por causa simplesmente de seu valor histórico, mas sim, por causa da fé do povo do Recife e de todo o estado de Pernambuco. O Morro da Conceição no Recife concentra todos os anos milhares de pessoas, de diferentes lugares do estado e da região nordeste. Muitos ônibus chegam todos os anos, com pessoas vindas de região metropolitana do Recife e do interior.

As para as celebrações começam antes do dia oficial do evento. E muitos vem para o morro pagar suas promessas e confraternizar de suas esperanças e fé com os seus irmãos. Neste més de Maio foi comemorado em todo o mundo o aparecimento de Nossa Senhora de Fátima, para as crianças em Portugal. E o Brasil que é um país de maioria cristã e católica, não seria diferente. Na  capital Recife e em muitas cidades do estado os católicos comemoram, juntamente com o a semana que se comemora o dia das mães, as duas datas . E muitos sobem o morro da Conceição para  homenagear suas mães e as revelações em Fátima.
Foto tirada por Francisco Monteiro no Morro da Conceição no Recife Pernambuco Brasil
Muitos vem fazer suas peregrinações pedindo graças, por seus entes queridos, por eles mesmos e desejando um ano novo renovador das forças e da fé.

Toda a equipe do Ver Pernambuco + parabeniza as mães de todo o mundo, todos os católicos e cristãos em geral por estas datas e feliz dia das mães e celebrações em homenagem a aparição em Fátima.