sexta-feira, 23 de junho de 2017

ALGUMAS CIDADES DO AGRESTE PERNAMBUCANO

O Agreste pernambucano é uma terra com muitas mesorregiões, caracterizadas por seus climas variados, relevos, vegetação, aspectos culturais e lendas populares.

Cada cidade do Agreste possui suas próprias características econômicas, voltadas para o turismo religioso, as belezas naturais, as festividades e os polos econômicos como por exemplo: Feiras, centros de artesanato, centros para vigílias noturnas e de urnas, criação de gado , eventos campestres, tilhas, e acampamentos. Nas cidades como Bezerros, Caruaru e Gravatá possuem ótimos polos de animação durante as festividades juninas. E nós do Ver Pernambuco + temos alguns amigos e parceiros que moram no Agreste que divulgamos o trabalho deles em nosso blog.  Por conterem um material de ótima qualidade, muito informativo e serem ótimas, nós recomendamos que visitem os canais deles.

Nós desejamos que o nosso trabalho possa ajudar muitas pessoas do estado que desejem assim como nós mostrar mais das belezas de Pernambuco. Nosso trabalho é voluntário. Ou seja, sem ajuda de custo, sem patrocínio ou colaboradores. E queremos dar continuidade ao trabalho para ajudar outros, divulgando o trabalho deles para que possam crescer mais e mais. E como nossos amigos do interior são ótimas , pessoas e apresentaram ótimos conteúdos sobre á região. Nós os ajudamos divulgando e eles também nos ajudam.

Nossos amigos Adalberto Silva e Adalto Silva tem ótimos canais no You Tube. Muito divertidos, com muitas informações sobre as festividades, as lendas e a belíssima natureza do Agreste, visitem seus canais.

Em Caruaru um dos pontos recomendados é o Alto do Moura. Onde está o maior centro de artes figurativas das Américas. Depois o Pátio de Eventos de Caruaru que reúne milhões de pessoas durante as festividades juninas. Também recomendamos o Museu do Barro que tem uma grande amostra de peças artesanais e de decoração.



Em Bezerros temos o polo localizado nas serras do Parque Serra Negra. Lá está o terceiro polo das festividades mais visitadas do Agreste Pernambucano. Em Serra Negra de Bezerros contem uma programação variada durante os dias de festa, do qual tem um frio as vezes abaixo de 15 graus, com muito forró, com artistas da região, uma comida tipica e a belíssima paisagem da Serra Negra como cenário natural para as festividades.




Bezerros está localizada á aproximadamente 114 km do Recife capital. É uma tipica cidade do Ageste pernambucano que possui muitos lugares belos pouco explorados, ainda para o turismo. Mas, que possuem grande potencial. Com suas ruas pavimentadas, muitos pontos comerciais, igrejas, e que fica em frente a BR 232, também chamada Via Luiz Gonzaga.


Bezerros é uma das ótimas alternativas para quem deseja investir no turismo, ou simplesmente morar num lugar tranquilo. Com suas casas com aspecto colonial e uma tradicional estrutura urbana tipica das cidades do interior Bezerros se potencializa na preservação das tradições tipicas do nordeste do Brasil.


Também durante os ano tem passeios no Parque Serra Negra, uma reserva florestal magnifica, que tem muitas pousadas, trilhas, vigílias o Centro de Artesanatos. Bezerros está em terceiro lugar como cidades para realizar vigílias no nordeste. Isso é decorrentes das lendas, e de possíveis avistamentos na Serra Negra e cidades próximas. A Serra Negra é uma área de grandes mistérios, que moradores afirmam ser um lugar de grandes mistérios e que coisas foram do comum são vistas por lá.

Bezerros também possui o terceiro foco se visitação do carnaval com os Papangus e por isso Bezerros também é chamada de a Capital dos Papangus do Agreste.




Em Bonito temos as belas cachoeiras, as trilas nas serras, as grutas, os rapes e uma belíssima natureza de transição entre a Zona da Mata Atlântica e o Agreste. Bonito está entre as principais cidades do estado de Pernambuco se tratando do turismo de aventura.




Com pousadas, chácaras, sítios, hotéis , pequenas casas e hospedarias Bonito é um dos lugares mais recomendados para os que desejam conhecer mais do estado e ver que o Agreste não é uma terra simplesmente composta por seca e improdutiva. Mas, que muito pelo contrario. O nordeste e especificamente a região Agreste é uma terra riquíssima culturalmente , em suas belezas naturais, em seus sotaques e culinária.  



Já em Gravatá que tem o titulo de Suíça Pernambucana, o clima agradável, os chalés, moveis rústicos, o chocolate quente, os vinhos, o Festival de Jazz, o forró e os passeios a cavalo são alguns dos muitos atrativos localizados na cidade. Também possui importantes polos do turismo religioso, decorrentes de uma história de fé magnifica. Também possui um centro de artesanato, do qual tem muitas obras de decoração de vários artistas da região Agreste.


Em Sairé temos o Festival das Laranjas. Este festival é uma das festividades extremamente importantes no calendário das festividades da cidade, juntamente com as festas juninas. Também possui importantes centros de ensino nos cuidados com o meios ambiente e de tratamento de lixo e de centros de formações de artesões.



Em Cumaru possui um rico turismo religioso e de belezas naturais. Lá tem trilhas realizadas por motos nas áreas rurais da cidade, o Cristo localizado no mirante da cidade, a feste de Santa Terezinha, o Cumaru Feste que é o Carnaval fora de época da cidade e lindas serras ao seu redor, que dão uma belíssima visão aos moradores e visitantes.

Panelas temos o Festival Nacional de Jericos conhecido popularmente como a corrida de Jericos de Panelas. Panelas possui uma linda paisagem das serras e de sua vegetação composta em uma grande parte por gravatas amarelos. No mirante temos uma bela imagem do Agreste Pernambucano, que de lá pode ver outras cidades do Agreste e admirar este lindo cenário dado por Deus. Também possui muitas bicas, as festividades anuais como há Missa do Vaqueiro e o São João.

Em São Bento do Una temos a tradicional Corrida das Galinhas e o Museu de História natural. É uma cidade com um clima frio e acolhedor que recepciona todos os anos muitos turistas de diferentes lugares do Brasil para suas festividades. E São Bento do Una é uma cidade extremamente importante, por causa de suas criações de galinhas e por isso do festival.

Em Garanhos conhecida popularmente como A Cidade das Flores o turismo religioso, suas pousadas, suas festividades,  os belos jardins e o relógio feitos com flores são as principais cenas carateristas da cidade além de um belíssimo por do Sol. É uma cidade muito acolhedora , romântica e que vale muito conhecer.

quinta-feira, 1 de junho de 2017

CATÁSTROFES EM PERNAMBUCO POR CAUSA DAS FORTES CHUVAS

O estado de Pernambuco no dia 28/ 05/ 2017 sofreu grandes perdas em muitas de suas cidades da zona da mata sul, Agreste e região metropolitana do Recife (R.M.R) decorrentes das fortes chuvas, que começaram pela madrugada de domingo. O alerta foi dado pela Agencia Pernambucana de Águas e Climas ( APAC ) que no dia anterior, ou seja no sábado, emitiu um alerta para que as cidades que são cortadas por rios , alertem seus moradores ribeirinhos, para que saíssem o mais rápido possível de suas residencias e levassem consigo seus familiares , animais e oque mais pudessem.  

Muitos caminhões com moveis, moradores indo ficar em casas de parentes, animais sendo relocados e pessoas subindo para lugares mais altos, se tornaram o reflexo do dia 28/ 05 /2017 e dos dias seguintes. 

Muitos dos moradores que tem residencias nas partes baixas das cidades, e nas proximidades com rios lagos e açudes, infelizmente não receberam o alerta atempo. Muitas cidades foram prejudicadas com percas humanas e materiais. Algumas represas do estado não suportaram o volume das águas e transbordaram. Os rios ultrapassaram os limites de suas margens e contenções.  Muitos moradores ficaram ilhados, outros infelizmente perderam suas vidas e muitas casas foram destruídas. 
Muitas cidades desapareceram cobertas por um grande rio de lama, entulhos trazidos de outras cidades e a eletricidade e o fornecimento de água potável foram cortado nos lugares afetados. Nos estados de Pernambuco e Alagoas, nas áreas de proximidades dos rios e com ruas mais baixas sentiram a fúria das águas. Depois de mais de 24 horas de chuva com chuva intensa e de um período de seca localizada na região Agreste e sertão. Algumas cidades ficaram isoladas. Devido o fato que pontes foram derrubadas pelas fortes correntezas e pistas ficaram em baixo das águas. Barreiras deslizarem obstruindo pistas e  grandes crateras foram abertas, por causadas do deslizamento e afundamento do solo. 

A barragem de Pirapama ficou com 83,15% mais cheia,a barragem de Duas Unas em Jaboatão chegou há 47 % mais elevada. Já a barragem de Jucazinho em Surubim ficou vazia. 

Cerca de 27 cidades se forem incluídas da região metropolitana do Recife tiveram grandes perdas. Algumas cidades já tinham sofrido em anos anteriores com as enchentes. Mas, infelizmente as catástrofes repetiram-se no estado. No ano de 2005 por exemplo, á cidade de Moreno que fica na região metropolitana sul ficou com metade da cidade em baixo das águas. Do lado esquerdo da cidade  seguindo para Vitória de Santo Antão, as ruas foram transformadas num grande rio de lama.  

Cidades como Amaraji, Afogados da Ingazeira, Água Preta , Barra de Guabiraba, Barreiros, Bezerros , Belém de Maria, Caruaru, Catende, Cortês , Cupira , Escada, Gameleira, Gravatá , Ipojuca , Jaboatão dos Guararapes , Joaquim Nabuco, Lagoa dos Carros, Lagoa dos Gatos, Panelas, Palmares, Ribeirão , Rio Formoso, Recife, São Benedito do Sul, Sirinhaém,  Xexéu Foram prejudicadas de alguma maneira pelas fortes chuvas que causaram desabamentos, mortes por quedas de barreiras ou afogamentos e perdas de patrimônios. 

Em Caruaru teve mortes causadas pelas fortes correntezas. A barragem fornecedora de água da cidade ficou cheia. E na manha da terça feira dia 30 de maio, foi encontrado o corpo de um homem que tinha sido arrastado pelas águas e foram 217 milímetros de água num único dia segunda a APAC . Já na capital Recife, no bairro de Dois Unidos, uma barreira caiu e matou duas pessoas da mesma família, que residiam na mesma casa. 

Em Gameleira as águas ficaram a cima de um metro, pois o rio transbordou e muitos moradores ficaram ilhados. Muitas casas ficaram cheias de lama, e algumas barreiras deslizaram. Muitos moradores perderam tudo e isso se repetiu em 2017 , pois já tinha acontecido anteriormente em 2010. 

Em Sirinhaém o fornecimento de eletricidade foi cortado e o de água. No bairro Porto da Madeira que está localizado em Gameleira no dia seguinte, os moradores retornaram para suas casas, para pegarem oque podiam e teve 36 barreiras caídas.  

Em Rio Formoso, que tem esse nome por causa do rio com o mesmo nome, os residentes na cidade ficaram reclusos. Por causa do rio que transbordou. A população se união, para trabalhar de maneira voluntária e forneceram comida aos moradores prejudicados pela enchente. As escolas foram utilizadas como um lugar da amparo e abrigo. Comida, água, materiais de higiene, de limpeza e roupas foram fornecidas ao moradores. O hospital da cidade ficou alagado e com muita lama e 10 mil pessoas foram prejudicadas na enchente. O exercito foi para a cidade montar um hospital de campanha, para ajudar a população que ficou num terreno as margens da via PE 60 . 

Em Palmares a população ficou desesperadas sem alimentos e mesmo dias depois, a cidade continuo alagada. E em Lagoa dos Gatos a cidade ficou isolada por causa da queda de uma ponte. 

Em Água Preta muitos moradores ficaram ilhados e se abrigaram na escola Padre Francisco. Em Catende as águas chegam em uma altura elevadíssima. Muitas residencias possuem primeiro andar. Mas, mesmo assim as águas chegaram a essa aos andares superiores das casas e a cidade ficou destruída pelas águas e foi decretado estado de EMERGÊNCIA.  

Em Barra de Guabiraba as casas cheias de lama e duas casas desabaram. Em Belém de Maria a cidade ficou coberta pelas águas.  

Em Jaboatão dos Guararapes foi a cidade da região metropolitana sul que receberam mais chuvas. Muitas escolas não tiveram aulas  casas caíram no Bairro de Cavaleiro , barreiras caíram e obstruiriam pistas e ruas ficaram alagadas e moradores ilhados. Em Jardim São Paulo no Recife o canal transbordou e muitos moradores ficaram ilhados e os transito nas estradas ficou parado.  Em São Benedito do Sul as águas chegaram á 2 metros de altura. Foram aproximadamente até o momento de 40 mil pessoas prejudicadas, 35 mil desabrigadas e 4 mortos . 

Os nordestinos são conhecidos no Brasil por serem muito patrióticos, solidários e unidos. Nós iremos superar mais esta adversidade com solidariedade , caridade, união, fé em Deus e em nossos conterrâneos.  Muitos postos de coletas de alimentos, roupas e etc, foram montados pelas igrejas, exercito, bombeiros e cidadãos que unidos mostram que os nordestinos são e estão mais unidos do que nunca.  
 Nós do Ver Pernambuco + agradecemos há cada cidadão, que doou seu tempo para ajudar aos necessitados neste momento de grande caos que muitos estão passando no estado.  

Nossos amigos Adalberto Silva e Adalto Silva da cidade de Bezerros, gentilmente nos permitiram mostrar seus vídeos em mais está matéria, para que nossos leitores vejam como ficou a cidade de Bezerros no dia 28/05/2017 e a equipe do blog Ver Pernambuco + colocara novas informações para lhes manter informados.